" />

Entenda o ciclo das quintas

Quem nunca teve que alterar o tom de uma música? Muitas vezes a música que estamos tocando ou cantando está muito alta ou muito baixa para o alcance do intérprete.

O que fazer nestes casos? Isso mesmo: alterar o tom. A música ocidental possui doze tons que dão origens às escalas maiores, menores, blues, bebop e outras. Dos doze tons,  sete são originados das notas  naturais: dó, ré, mi, fá, sol, lá e si  e cinco são originados das notas alteradas. Estas notas dão origem a tons enarmônicos porque podem ter diferentes nomes para o mesmo som. Essas notas e respectivos tons são: o dó sustenido ou ré bemol, o ré sustenido ou mi bemol, o fá sustenido ou sol bemol, o sol sustenido ou lá bemol e o lá sustenido ou si bemol.

Mas qual a relação entre elas? como passar de uma tonalidade para outra? Como estabelecer a relação dentro de uma escala que possa ser usada em qualquer tom? Ou ainda, por que a armadura de clave do dó maior não tem nenhum acidente e a de sol maior possui um sustenido ou por que o tom de mi bemol maior possui três bemóis?

Nosso vídeo a seguir detalha este conceito de forma bastante clara. Assista e entenda de uma vez por todas este conceito.

Não esqueça de inscrever em nosso canal no You Tube!

Categorias

Curso How to build Course – Em Inglês

Curso Como construir Acordes – Português

Aprenda editar suas partituras com com o Musescore- Software de Código Aberto

Generic Category (Portuguese)640x480
 

Baixe Gratuitamente a partitura do hino Ao Deus Grandioso com tabladura para bandolim e cifras para violão.